Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Pular navegação e ir direto para as categorias

Pular navegação e ir direto para a lista de colunistas

Pular navegação e ir direto a assinatura do Feed RSS

Artigos do autor Dener Costa


O Projeto Iskin Brasil surgiu em 2007 após um longo estudo do cotidiano dos jovens brasileiros. E a partir deste universo cheio de arte e cultura urbana a Iskin traz ao Brasil uma coleção de adesivos para celulares, notebooks e Ipods. As iskins têm como grande destaque os trabalhos exclusivos de artistas brasileiros, participantes da ONG Associação Escola Aprendiz.

O projeto visa disponibilizar a possibilidade de personalização de aparelhos eletrônicos, perpetuar a arte urbana no cotidiano e promover a inclusão de artistas desconhecidos do grande público no circuito das artes, entre eles grafiteiros, ilustradores, artistas plásticos, cartunistas entre outros.

Em parceria com a Associação Escola Aprendiz, a Iskin no Brasil reverte parte da renda para a formação e inclusão de novos artistas no mercado. O suporte tecnológico veio da empresa 3M que foi responsável pela criação da película adesiva especial, que garante a personalização e a valorização dos aparelhos. A película tem sistema anti-bolhas, proteção contra riscos é de fácil aplicação e remoção, sem deixar resíduos no aparelho.

Ler o texto completo »

No artigo 3d na tela e na rua fiz uma abordagem sobre graffiti 3D e um dos artistas que apresentei foi Daim, agora venho falar mais sobre ele. Artista nascido em Lueneburg “Alemanha”, Daim iniciou sua carreira como freelancer em 1992, no começo de sua carreira desenvolveu trabalhos na Dinamarca, França e Suíça. Trabalhou como professor de graffiti em escolas em Hamburgo, em todo decorrer de seu desenvolvimento profissional participou de concursos e também se tornou membro de algumas crews (Grupo de Grafiteiros).

por Daim

por Daim

Em 1995, Daim com outros artistas internacionais: Loomit, Hesh, Ohne, Vaine, Darco cria o mais alto graffiti do mundo e entra para o Guinness Book (Livro dos recordes). Em 1999 fundou o “getting-up” estúdio coletiva, juntamente com os seus colegas que organizou o sucesso “Urban Discipline” exposições entre 2000 e 2002. Várias exposições e catálogos do livro “DAIM – daring to push the boundaries” foram publicados.

por Daim

por Daim

Em 2001 ele pintou para o “Global Mural” projeto sob o patrocínio da UNESCO, em São Paulo, Brasil. Ainda neste ano ele foi incumbido da tarefa de planeamento e execução de 2000 m2 Dockart Projeto “The new Hamburg and its twin cities“, Blohm & Voss no porto de Hamburgo. Outras projetos internacionais seguidas, incluindo projetos na Tailândia, Austrália, Nova Zelândia, Argentina, México e EUA.

Alguns trabalhos de Daim:

Hoje em dia Daim desenvolve muitos produtos e atividades tais como: Arte Digital, Arte em Ambientes, Arte em veiculos, Camisetas, Graffiti, Quadros, Posters, Esculturas entre outros.

Mais:
DAIMshop: Daimartwear
Alguns projetos: Stillonandnonthewiser, Nextwall

A comunicação visual em São Paulo tem passado por diversas modificações em virtude da atual legislação e muitos de nós que estávamos acostumados a ver algum tipo de arte urbana em algum muro, túnel ou esquina na cidade, agora vemos lugares pintados de qualquer jeito, apagando diversos desenhos feitos por um de nossos artistas urbanos.

Muitos profissionais em diversas áreas buscam referências na arte urbana, pois sempre há muito que explorar com tantos conceitos e criatividade existentes no meio. Trabalhos que dão cara nova a muitos ambientes internos e externos. Como o do exemplo abaixo, que foi desenvolvido artesanalmente com tipografia de recortes.

Fefê Talavera

Mesmo em meio as proibições da legislação (e em parte em função dela), a arte urbana vem ganhando muitos apreciadores e adeptos e um forte sinal disto são os diversos espaços criados em áreas nobres, muitos adaptados em bares, botecos e restaurantes que exibem ambientações com referências de arte urbana.

por Vine no Studio SP - Vila Madalena

por Alexandre Orion

Diversos eventos e mostras têm celebrado o trabalho de excelentes artistas que abusam das latinhas de tinta para mostrar o que sabem, como na exposição RUAS DE SÃO PAULO na Jonathan Levine Gallery em Nova York. Abaixo veja algumas fotos do evento.

O evento RUAS DE SÃO PAULO reuniu muitos artistas brasileiros tais como: Zezão, Titi Freak, Onesto, Boleta, Fefê Talavera, Highraff, Kboco, entre outros.

Mais:
Galeria de Fotos: RUAS DE SÃO PAULO
Lost Graffiti
Vine
Alexandre Orion

Imagem por Kharil Osman

Quando comecei a ter contato com a internet, passava horas navegando e sempre me deparava com wallpapers que achava o máximo. Ficava horas navegando e baixando vários deles que me impressionavam. Existem muitas possibilidades a serem exploradas nos wallpapers e dentre tantos, os que sempre me chamaram a atenção foram de arte abstrata com fotografia.

É interessante notar que os wallpapers são utilizados para planos de fundo de computadores e agora para celulares e apesar dos usuários passarem a maior parte do tempo realizando atividades que ocultam esses planos de fundo, temos visto wallpapers cada vez mais bonitos e criativos. Atualmente o cuidado com os detalhes faz cada vez mais diferença.

Uma das coisas que abriu minha mente para as artes digitais foi o deviantArt, que é uma comunidade formada por inúmeros artistas que desenvolvem trabalhos profissionais ou mesmo experimentais e que criam seu perfil, deixando-o totalmente repleto de trabalhos excelentes que para mim tornaram-se uma referência sensacional. Isto acabou me ajudando a melhorar o meu olhar para reconhecer imagens inovadoras e impressionantes.

Imagem por Jeff Huang/Jerico Santander

Com as influências que tive ao longo dessas descobertas, passei a apreciar wallpapers criados a partir de fotografia e com intervenções de imagem (3D e vetoriais), que costumam trazer uma grande riqueza ao resultado final de cada imagem criada, acho isso fantástico. Combinações de fotografia com intervenções vetoriais são algumas das coisas mais interessantes na minha opnião, sendo desenvolvidas cada vez mais pelas grandes agências de Design.

Cores e efeitos de grande impacto como nas imagens dos exemplos acima, possuem grande riqueza de detalhes e despertam olhares de admiração. Eu mesmo fico impressionado com todos os detalhes de cada descoberta. Imagens que dão gosto de analisar e perceber todas as interpretações que elas podem proporcionar.

Ainda existem aqueles que não buscam explorar as possibilidades criativas dos wallpapers, desenvolvendo materiais que não acrescentam nada. Muitos são simples propaganda, tendo como único intuito a divulgação de marcas.

Windows Vista Ultimate

Hoje em dia, além de pesquisar estes wallpapers como admirador dos trabalhos, busco agora agregar esses conceitos e técnicas aos meus trabalhos.

Mais:
desktopography
fantasyartdesign
ndesign-studio

Neste meu período de contato com as Artes Digitais, sempre fui um grande admirador de trabalhos com Graffiti em 3D. Estes trabalhos sempre demonstram uma grande capacidade de impacto, sendo sempre bem ousados, deixando uma grande interrrogação na cabeça de muitos admiradores.

Digo isso por mim mesmo, sempre penso “Nossa, como é que ele fez isso!?”. Questões como essa sempre me passam pela cabeça quando vejo coisas fantásticas como os dois exemplos abaixo.

mOsk e daim

Após muita pesquisa, encontrei diversos artistas que desenvolvem trabalhos deste tipo, a maior parte deles abusa de sombras e cores, deixando o resultado cada vez mais fascinante em cada detalhe de sua arte. Fico impressionado com a profundidade dada a cada elemento na composição, valorizando e adicionando vida às suas formas e cores através de um enorme conhecimento da técnica.

Conversando com quem cria em 3D, o que ouvi foi unânime: “Quando você vai criar algo em 3D, tem que pensar em 3D”. Esta é uma coisa difícil de fazer na “vida real”. Busquei criar coisas mais artísticas em 3D, mas não tive tanto sucesso ainda, acho que tenho que desenvolver mais este “pensar em 3D”.

Como sou um grande admirador de Graffiti e principalmente em 3D, vou falar mais sobre o trabalho dos artistas mOsk e daim, autores das imagens a cima, nos próximos posts.

Durante minha infância vivi muitos momentos marcantes, e dentre os tantos registrados, um dos que lembro especialmente é o desenho do Pica-Pau. Existiam outros ótimos da época é claro… e esse não poderia deixar faltar. Hoje com tanta coisas modernas, não sei como deve ser para uma criança assistir o desenho do Pica-Pau. Fico imaginando qual seria a emoção dela, sendo este um desenho simples, mostrando um “pestinha” que sempre quer se dar bem em cima de todos os que o cercavam cada novo episódio.

Alguns dos desenhos da minha infância não tinham dialogo e transmitiam ótimas mensagens para quem o assistia, como os que são exibidos pela TV CULTURA, que exibe atualmente desenhos sem dialogo feitos artesanalmente como Pingu que é muito interessante pelas expressões dos personagens criados com massa de modelar, sendo uma produção muito bem elaborada.

As formas e conceitos estão mudando muito no mundo do desenho animado e os desenhos tem tido muito foco em violência. Antigamente os desenhistas tinham um conceito bem simples e objetivo para desenvolver seus personagens, era uma coisa cotidiana com formas mais básicas e mais verdadeiras inspirada em ambientes reais. Atualmente os desenhos estão ficando muito futuristas e com uma abordagem muito tecnológica. Há um predomínio da violência em que sangue, lutas corporais e até a morte estão sempre presentes. Com toda essa evolução acho que estamos perdendo as melhores criações feitas por desenhistas de décadas passadas.

No fim todos querem ter seu estilo próprio e ser diferenciado, pois o mercado é sempre bem concorrido para todos que buscam um espaço em meio a tanta coisa boa que existe por ai, já que há uma evolução gradual surgindo em desenhos animados, Ilustrações de propagandas, comerciais, charges.

Antiguidades:
www.desenhoanimado.org

Sobre

O Design Coletivo é formado por 8 designers, interessados em criação de conteúdo relevante sobre design e seu reflexo no mercado, além do estímulo do debate nos assuntos referentes à area.

Leia a descrição completa

Destaques