Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Pular navegação e ir direto para as categorias

Pular navegação e ir direto para a lista de colunistas

Pular navegação e ir direto a assinatura do Feed RSS

Recebi de um ex-colega de trabalho, projeto de TCC dele. Acho interessante a proposta principalmente por contar com colaboração externa, o que é no mínimo arriscado :)

Fragma

Ler o texto completo e os comentários »


Essa semana pude conferir a exposição Argentina Hoy em cartaz no CCBB desde o dia 6 de julho.

Flavia Da Rin_Hadas Grasas

Flavia Da Rin_Hadas Grasas

A exposição traz um amplo panorama atual das artes visuais na Argentina. Mostrando a nova geração de artistas e suas diversidade de técnicas, com trabalhos de pintura, fotografia, escultura, vídeo e também algumas instalações, fazendo o público viajar até o país vizinho sem tirar o pé daqui, o que chama bastante atenção é a satira a obra Dama com Arminho de Da Vinci que a artista Constanza Piaggio recriou em uma fotografia com uma cabeça de porco e seis dedos nas mãos.

Contanza Piaggio_A Dama

Contanza Piaggio_A Dama

Entre os artistas presentes na exposição estão:  Pablo SiquierMarcos López, Flavia Da Rin, Nicola Constantino e outros 29 artistas.

Marcos Lopez_ Pink Room

Marcos Lopez_ Pink Room

Ela tem entrada gratuita e fica em cartaz até o dia 30 de agosto em São Paulo, em setembro segue para o estado do Rio de Janeiro. O CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) fica na Rua Álvares Penteado, 112, Centro.


No curso de Design Digital na Impacta, onde esse grupo se formou, fizemos um documentário chamado “A Influência da Música”.

Entrevistamos músicos, produtores, DJs e filmamos até a Virada Cultural de 2007 na noite em que houve a confusão na hora do show dos Racionais MCs.

Questionamos os entrevistados sobre as reações que a música pode provocar. Cada conversa foi muito enriquecedora, conhecemos pessoas que trabalham com música diariamente e que falaram de aspectos interessantes que mal percebemos sendo somente ouvintes. Além do trabalho de fazer as entrevistas e produzir o material, a elaboração do roteiro e a finalização do documentário foram desafios prazerosos de superar.

Deste grupo, além de mim, fizeram parte Klaibert Miranda Cassio Lacerda. Os demais bravos componentes foram Robson Silva, Clayton Pinheiro e Marlene de Jesus.


Não é muito o nosso costume replicar ou só referenciar outros posts no Design Coletivo, mas este vale a pena porque tem totalmente a ver com o propósito que a gente estabeleceu para publicar coisas por aqui.

Foi escrito pelo Zeh Fernando, um dos maiores programadores flash brasileiros, para sua palestra no InterfaceCamp do Senac. Vale a pena.

  1. Faça o que você gosta.
  2. Tenha foco, mas não tenha medo de ser multidisciplinar.
  3. Aprenda inglês.
  4. Mantenha uma lista de pendências.
  5. Arquive seus trabalhos.
  6. Aprenda a achar as respostas, ao invés de saber tudo.
  7. Faça seu portfólio.
  8. Portfólio tem de ser simples.
  9. O melhor lugar pra trabalhar é um conceito relativo.
  10. Salário não significa (quase) nada.

E um bônus: Tenha karma.

Mas as dicas só vão ter algum valor se você for lá no blog dele e ler a explicação de cada uma delas: Dez dicas para seus primeiros dez anos de carreira


Propaganda no geral é algo que evitamos o máximo que podemos. Trocamos de canal na hora do intervalo, ignoramos os panfletos distribuídos nas ruas (mesmo quando aceitamos o papel, damos só uma olhada rápida) e não clicamos em banners de internet. Não, não clicamos. Mesmo que você clique ou já tenha clicado, não dá pra dizer que temos esse hábito (vou precisar generalizar).

Uma campanha de banners pra internet com um CTR (Click Throught Rate – taxa de cliques a cada cem exibições) acima de 0,14% já é considerada boa. E pra um número desse ser considerado bom é óbvio que existam resultados piores, lembrando que o CTR leva em conta só o clique, nem sempre o usuário completa a visita. Embora as métricas já estejam mudando, e os cliques talvez não sejam a melhor forma de medição de resultados, tenho a impressão de que a solução de banners foi aceita não por ser uma solução criativa, mas financeiramente viável.

Explico:

Ler o texto completo e os comentários »


A gente tem estado bem ausente do blog esses tempos cuidando de outras vertentes de nossas carreiras e queremos agora compartilhar as notícias com vocês. O mês de março trouxe um montão de novidades, foram 30 dias sensacionais.

Temos a Fuego Digital, nova agência do Bruno, o lançamento da Kuarto Design e Comunicação, e troca de agência do Rafael e Camilo, que foram para a One Digital e OgilvyInteractive, respectivamente.

Ler o texto completo e os comentários »


Página 4 de 24« Primeira...23456...1020...Última »

Sobre

O Design Coletivo é formado por 8 designers, interessados em criação de conteúdo relevante sobre design e seu reflexo no mercado, além do estímulo do debate nos assuntos referentes à area.

Leia a descrição completa

Destaques